Avaliação Dos Desempenhos Hidráulico e Economico de Um Sistema de Irrigação Localizada Utilizando Programação Linear

Files

360_1.pdf (961.14 KB)
Downloads: 138

TR Number

Date

2004-02

Journal Title

Journal ISSN

Volume Title

Publisher

Universidade Estadual de São Paulo

Abstract

A implantação de pomares cítricos irrigados, em diversas regiões do Estado de São Paulo, onde a variação da declividade é um fator limitante ao desempenho satisfatório da uniformidade de emissão d’água, impulsiona aos projetistas delinearem sistemas de irrigação visando a maior uniformidade de emissão, sem uma certeza sólida de que a mesma se reverterá em maior produção. Este fato acaba por penalizar o produtor irrigante de citros, devido ao alto custo inicial de implantação de um sistema de irrigação localizada, que é fixa e está distribuída em todo o espaço a ser irrigado.A existência de diferentes combinações de uniformidade de emissão na unidade operacional com a declividade do terreno favorece a ocorrência de várias possibilidades de configurações no sistema de irrigação, por conseguinte de diferentes custos de implantação e de posterior manejo do sistema. Desde que bem dimensionado, consegue-se verificar no sistema de irrigação localizada que a otimização do sistema através da programação linear é a melhor metodologia frente aos outros métodos propostos na pesquisa operacional, visto que se encontra a solução ótima global para as variáveis pré-estabelecidas no dimensionamento.Este trabalho teve por objetivo, através da programação linear, avaliar os desempenhos hidráulico e econômico (custos fixos e variáveis) de um sistema de irrigação localizada para a cultura da laranja; analisando se um melhor desempenho hidráulico, em diferentes condições de declividade, reverteria em uma maior receita liquida ao produtor.Os resultados obtidos permitem uma análise consistente dos parâmetros hidráulicos da uniformidade de emissão pré-estabelecida para a linha de derivação, influencia desta nas linhas laterais, produtividade, uniformidade de emissão real e receita liquida do produtor frente às distintas configurações hidráulicas e sob as declividades propostas. Verificou-se que nem sempre a melhor configuração hidráulica reverte em maior lucro ao irrigante para as condições de estudo indicadas. Obteve-se, em ordem decrescente, as lâminas de irrigação que resultaram em maior receita bruta para a laranja irrigada: 7,74; 11,61; 3,87 m3/árvore/ano e, que a 0 e 3% de declividade, os únicos valores de uniformidade de pressão real nas linhas laterais que estão acima dos valores calculados de uniformidade de emissão para a linha de derivação estão a 92%.

Description

Keywords

irrigação localizada, otimização matemática, programação linear

Citation